gravel bike

Gravel Bike: O que é? Vale a pena? – Bike Explorer

Você sabe para que serve a gravel bike? Vamos bater um papo sobre as indicações desse modelo incrível e algumas curiosidades?

Atualmente podemos ter uma bike para cada superfície, perfil e igualmente distância a ser percorrida, e nesse sentido isso faz com que tenhamos diferentes modelos de bikes no mercado e uma delas acaba sendo justamente a gravel bike que pode ser utilizada tanto por quem está indo para o trabalho, dispensando o uso do automóvel quanto para quem está pegando a estrada com a bike.

Se você der uma olhada rápida nessas magrelas elas se parecem bastante com as bikes de estrada, mas com um olhar mais atento e igualmente mais aproximado você consegue perceber os freios a disco e os pneus largos caraterísticos das gravel bikes que vem gradativamente conquistando cada vez mais o seu espaço, tanto entre ciclistas amadores quanto ciclistas já veteranos.

Apesar de serem modelos já consagrados há anos sobretudo na Europa esse modelo tem ganhado espaço para valer em nosso país somente a partir de 2018 e desde então seu sucesso tem apenas crescido.

Aqui quero te apresentar tudo o que você precisa saber sobre as bicicletas antes indicadas para longas estradas que acabou conquistando os ciclistas.

O que são as gravel bike?

Como vimos até aqui, as gravel bikes consistem em um modelo diferenciado de bicicleta que tem se popularizado em nosso país gradativamente desde 2018. Em contrapartida, consiste em um modelo que já faz sucesso na Europa a um bom tempo.

De maneira mais técnica, as bicicletas gravel apresentam uma geometria que possibilita que as mesmas tenham um excelente desempenho tanto no asfalto quando nas estradas. Tanto, vale mencionar, que as gravel bikes são tidas como as bikes ágeis.

Não é qualquer cascalho que essa bike está preparada para enfrentar, mas ainda assim consiste em um modelo interessante para estrada, conseguindo ter um desempenho para trilhas muito melhor que bikes de estrada.

As gravel apresentam mais conforto e igualmente mais design do que um modelo destinado unicamente para a estrada. As gravel bike acabam atendendo bem essa demanda, oferecendo mais conforto do que uma estradeira, sem perder seu rendimento para trilha ou para o asfalto e, além disso, consiste em um modelo mais leve do que uma mountain bike.

Em outras palavras, posso dizer que a gravel bike consiste em uma bike mais reforçada e que acaba sendo indicada para todo o terreno com a central mais elevada.

Indo um pouco mais além, podemos dizer que as gravel bikes, também mencionadas como bikes de aventura são bikes indicadas para uma grande variedade de superfícies, podendo ser utilizada tanto para quem deseja de um modelo para ir ao trabalho durante a semana quanto para pegar uma trilha aos fins de semana com a galera.

A gravel consiste em um modelo de bike bem versátil e que atende bem as diferentes necessidades dos usuários e são bikes mais robustas e duráveis que um modelo tradicional de bike de estrada, por exemplo.

O graveleiro

Se você viu a expressão graveleiro e ficou na dúvida, os graveleiros nada mais são dos que os ciclistas que tem ou pedalam uma gravel bike. Comumente consiste em uma tribo tão unida quanto qualquer outra dentro da grande tribo de ciclistas.

Indicações de uso da gravel

As bikes gravel são bem versáteis e isso acaba sendo o que mais atrai os ciclistas para esse modelo. De qualquer maneira, se fossemos definir quais as melhores indicações de uso da gravel seria as ciclo viagens e igualmente as bikepackings.

Apesar de apresentar essas indicações ou recomendações, a gravel possui um excelente rendimento em diferentes tipos de terreno e isso garante com que o ciclista consiga reduzir o tempo percorrido em relação ao tempo.

Mesmo que você não seja um competidor, ganhar alguns minutos no seu trajeto pode fazer toda a diferença sobretudo quando as condições climáticas são desfavoráveis e a previsão de mudança de tempo preocupa.

Em síntese podemos dizer claramente que as gravel bikes possuem uma grande capacidade de atendimento as mais distintas necessidades do usuário, como mencionado anteriormente e isso faz com que se tornem modelos indicados para as mais diferentes atividades de ciclismo.

Por serem modelos robustos e igualmente confortáveis podem eventualmente transportarem bagagem, caso seja necessário em caso de viagens de bike, sendo excelente para viagens tanto longas quanto rápidas. São excelentes para trilhas off road sobretudo por seus pneus mais largos e igualmente por suas marchas.

gravel bike

Recursos exclusivos de uma gravel bike

A geometria de construção de uma gravel bike tem como objetivo trazer conforto e igualmente estabilidade para o ciclista. Dentre as características que esse modelo apresenta temos uma maior distância entre os eixos que ajuda a dar uma boa estabilidade tanto em longas distâncias quanto em superfícies lisas.

O headtube do modelo é alto e longo atrelado a um tubo superior mais curto. Essa configuração coloca o piloto em uma posição mais vertical, o que garante tanto mais conforto quanto uma melhor visibilidade para seu deslocamento.

O ângulo do headtube é tido como frouxo o que faz com que a bike não tenha o que podemos entender como espasmos que alguns modelos acabam tendo. Essa configuração garante que seja um modelo com excelente desempenho sobretudo em baixa velocidade e por isso não é indicada para corridas, ou altas velocidades.

O quadro é mais pesado do que uma bike de estrada e isso é um dos fatores que contribuem para sua maior durabilidade e é igualmente por seu reforço no quadro que a bike se torna apta para o carregamento de peso extra no caso de bagagem.

Os grandes pneus característicos desse modelo visam dar mais aderência durante o percurso, trazer mais conforto para o piloto e igualmente assegurar estabilidade. Para a acomodação de pneus assim, o quadro precisa ter uma folga considerável que tem o auxílio de freios a disco. Os freios a disco fornecem uma melhor modulação e controle em diferentes condições climáticas, o que garante segurança.

Além disso, a adoção do uso do freio a disco dá o espaço necessário para o pneu mencionado anteriormente.

A troca de marchas assim como o ângulo do headtube é indicado para baixas velocidades. A configuração da bike sacrifica algumas características, mas assegura capacidade de conquista de subidas soltas e íngremes.

Vale a pena ter uma gravel bike?

Essa é uma pergunta interessante que você com toda certeza deve estar se fazendo nesse exato momento. Vale a pena ou não ter uma gravel bike? Você pode pensar em ter uma gravel se você atende algumas destas questões, por exemplo, se você pedala de maneira regularmente similar na estrada e no asfalto com uma mountain bike, se você pratica o cicloturismo, se quer reduzir significativamente o custo com manutenção de suspensão, etc.

Também vale cogitar a gravel bike se você busca um pleno equilíbrio entre desempenho e igualmente conforto para percorrer longas distâncias.

Não vale a pena, entretanto, cogitar uma gravel bike se você só pedala em estrada ou trilha, se você não tem segurança para a realização de descidas técnicas e igualmente se você prefere mais a segurança e conforto oferecido por modelos como a mountain bike.

Dessa maneira podemos concluir que a gravel bike consiste em uma boa opção, mas para isso possui uma indicação de uso e um público ao qual se destina, em outras palavras, se você não for aproveitar todas as funcionalidades dessa incrível bicicleta você acabará investindo alto em uma bike sendo que um modelo muito mais em conta supriria bem as suas necessidades.

Como a gravel bike se diferencia da bike de aventura?

Apesar de ser comumente mencionada como adventure bike, ou bike de aventura, as gravel bikes apresentam significativas diferenças em comparação com esse modelo.

A principal diferença para começarmos acaba sendo o aperfeiçoamento de pontos de desempenho que a gravel bike teve em comparação com as bikes de aventura. As gravel bikes são comumente mais leves, construídas em aço e com capacidade para o carregamento de bagagem.

A geometria de construção de ambos os modelos acaba sendo outro pontos de divergência entre ambos. Podemos destacar aqui a diferença entre os eixos, por exemplo. Como mencionado anteriormente, os eixos da gravel são bem espaçados, ou espaçosos. O headtube das bikes de aventura em comparação são maiores em comparação e isso garante que o modelo se torne mais indicado para longas distâncias.

Bike gravel e bike de estrada

As bikes de estrada também são bem versáteis quanto as gravel bikes mas possuem um caráter mais estreito, ou melhor, são um tanto quanto menos versáteis se fizermos uma comparação entre ambas.

Há três tipos diferentes de bikes de estrada, voltadas para a aerodinâmica, versatilidade e conforto. A bike de endurance consiste na que mais se assemelha ou se aproxima da gravel bike, sobretudo em sua geometria mais relaxada e em seus freios a disco.

Como escolher sua gravel bike?

Para escolher a sua gravel bike leve em consideração algumas coisas, como, por exemplo, onde você andará com a mesma. No caso de ciclistas que andarão em todos os tipos de terreno, o ideal consiste em pneus com espaço de até 40-42mm. Se você se manter apenas no asfalto e na terra batida os pneus podem ter espaçamento de 30-32mm.

Tudo isso varia bastante de acordo com o uso que você dará para a bike. No caso da escolha dos freios, por exemplo, temos outra questão, se você mora e pedala em locais planos, a opção do freio a disco pode não ser a melhor indicação. Todavia, acaba sendo uma excelente opção para ciclistas que pedalam, por exemplo, em áreas sinuosas e morros.

 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *